A Pesquisa

Qual a metodologia utilizada para alcançar os objetivos?

Trata-se de pesquisa antropológica, que utilizou dois instrumentos para coleta de dados.

O primeiro foi um questionário online para os farmacêuticos, auto-aplicado, anônimo, disponível na Plataforma DataSUS/FormSUS, divulgado em parceria com órgãos de classe da categoria profissional – CRF-RJ, CRF-SP, CFF, Associação Brasileira de Farmácia e outros. A coleta de dados ocorreu entre março e maio de 2013, tendo sido obtido um total de 383 formulários online preenchidos por farmacêuticos que voluntariamente atenderam à convocação da pesquisa, 74,5% do sexo feminino e 25,5% do masculino. O questionário continha cinco módulos: 1) dados sociodemográficos dos respondentes; 2) dinâmica de trabalho na farmácia onde atuam; 3) opiniões sobre a “pílula do dia seguinte”; 4) atendimento ao consumidor da “pílula do dia seguinte”; 5) avaliação do questionário.

Para coleta de dados junto aos balconistas, foram adotadas entrevistas face-a-face, com um roteiro de questões para guiar a conversa entre a pesquisadora e o balconista. Eles foram entrevistados nas proximidades do seu local de trabalho, em número de 20 balconistas, 12 homens e 8 mulheres, dos municípios de Rio de Janeiro, Niterói e São Gonçalo, de estabelecimentos comerciais distintos. O roteiro de questões da entrevista continha quatro módulos: 1) perfil sociodemográfico dos entrevistados; 2) venda da contracepção de emergência e interação social com as consumidoras no balcão da farmácia; 3) opinião sobre a contracepção de emergência e sua regulação sanitária no Brasil; 4) experiência de uso pessoal da contracepção de emergência. Um diário de campo com registros das observações importantes durante as visitas e entrevistas também se constituiu fonte de análise.

A investigação foi aprovada por Comitê de Ética em Pesquisa do IESC/UFRJ, em 2012, atendendo os preceitos da legislação vigente.



Última atualização em 04/04/2016
© É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte.